logoAfesol

Afesol

Produtos

A Associação de Feirantes da Economia Solidária (AFESol) é um coletivo de trabalhadores que se dedicam à produção artesanal, mesclando trabalhos individuais e coletivos. Individualmente produzem diversos tipos de artesanato e alimentos, e coletivamente trabalham com a reutilização de malotes doados por parceiros (Correios e Banco do Brasil). Antes incinerados, esses malotes hoje passam por um processo de beneficiamento (lavagem, secagem e desmanche) e customização, sendo então vendidos a um preço justo. Semanalmente, os produtos são expostos e comercializados na “Feira Solidária da UEPG”.

O grupo revela sua preocupação com a sustentabilidade ambiental, trabalhando em sintonia com os princípios e valores da Economia Solidária. Esta atividade conta ainda com o apoio de recursos oriundos de projetos da Cáritas Diocesana de Ponta Grossa.

logoAstrama

Astrama

Tijolo       Marcenaria

A Associação de Trabalhos Manuais São José (ASTRAMA) surgiu em 2008 através da Pastoral do Trabalho, na Paróquia São José, em Ponta Grossa/PR. Inicialmente, o grupo se subdividia em dois segmentos: marcenaria e costura, sendo o primeiro constituído por homens egressos do sistema penitenciário e o segundo por mulheres provedoras do sustento de suas famílias.

logoCoocarpa

Coocarpa


A Associação dos Recicladores de Porto Amazonas (ARPA) teve início em 2005 e honestidade e cooperação foram os princípios que nortearam a sua criação. Após seu estabelecimento, a IESol em conjunto com os idealizadores do grupo realizaram um curso de Economia Solidária com ênfase em associativismo para preparar as pessoas que já faziam ou fariam parte do empreendimento de coleta e triagem de materiais recicláveis.

logoCapsCastro

CAPS Castro


No ano de 2017 o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) Castro – PR, juntamente com a Incubadora de empreendimentos solidários (IESol) deram início ao trabalho de pré incubação com o grupo. Este tem por objetivo desenvolver a inserção e a autonomia dos usuários do CAPS na sociedade, como também dar mais visibilidade ao trabalho artesanal que estes fazem. A IESol acompanha o grupo com visitas quinzenais e conta com o apoio da equipe de coordenação do CAPS- Castro para este trabalho. Estas ações fazem parte do projeto “Vivenciando a economia solidária: apoio aos empreendimentos econômicos solidários de Ponta Grossa e região”.

logoArrep

ARREP


A Associação dos Recicladores Rei do Pet (ARREP) teve início em 2010, pela iniciativa de catadores de material reciclável que tinham o sonho de constituir uma associação no município de Ponta Grossa. Após um ano, a ideia se concretizou gerando trabalho e renda a estas pessoas, além de contribuir com a redução dos impactos ambientais causados pela produção excessiva de lixo. Atualmente, o grupo conta com cerca de vinte integrantes e têm como princípios a igualdade, o trabalho coletivo, a emancipação feminina e a sustentabilidade ambiental.




logoJard


Jardinagem

Serviços Executados

A Associação dos Campos Gerais de Jardinagem (ACGJ) surgiu no ano de 2000, inicialmente apoiada pela gestão municipal, que ofereceu aos trabalhadores cursos de capacitação em jardinagem, de fomento ao cooperativismo e Economia Solidária.

Assim, inicialmente os trabalhadores prestavam serviços principalmente para a Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG), fazendo a limpeza e manutenção dos jardins no entorno dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e escolas municipais, e também atendiam clientes particulares. Durante o período em que foram assistidos, no ano de 2006, o grupo se formalizou, tornando-se uma associação e elaborando seu estatuto próprio.

logoColonias

Colônias

Produtos

A Associação de Agricultores Familiares das Colônias Iapó, Santa Clara e Vizinhanças foi formalmente criada em 2010 por pequenos produtores familiares de Castro/PR, que possuíam o objetivo de participar de Programas Institucionais como o Programa de Aquisição de Alimentos(PAA) e O Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

logo3Lagoas

Três Lagoas

Produtos

A Associação de Trabalhadores Rurais de Três Lagoas, fundada formalmente em 1995, foi criada a partir de ocupações na forma de assentamentos do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), que se iniciaram no final dos anos 1980. Atualmente, 12 famílias estão registradas na Associação.

Santa Mônica


O projeto do bairro Santa Mônica teve início em 2014, a partir de contato do Centro Social Marista com a IESol. A proposta de trabalho é de incubação territorial, o que se diferencia da metodologia de atuação com grupos de geração de trabalho e renda. Assim, no decorrer do projeto surgiram três frentes de atuação da incubadora no bairro: ação educativa de formação e divulgação dos princípios da economia solidária junto aos alunos do CSM; assessoria ao grupo de economia doméstica, organizado por várias mulheres moradoras do bairro e acompanhamento das ações e atividades culturais da Conselho da Comunidade e Casa da Cultura do bairro Santa Mônica

Zapata

Cestas de produtos agroecológicos

A Comunidade Emiliano Zapata é um pré-assentamento organizado em 2003 por integrantes trabalhadores e trabalhadoras do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), situado no distrito de Itaiacoca, no município de Ponta Grossa/PR. Atualmente, a comunidade está estruturada em duas organizações, a Associação dos Trabalhadores Rurais da Reforma Agrária (ATERRA) e a Cooperativa Camponesa de Produção Agroecológica da Economia Solidária (COOPERAS).